Eventos e networking – Como esses dois itens “mudaram minha vida”

Hoje em dia, falar em “mudar a vida” pode até parecer um grande clichê usado por gurus mundo afora. Mas estou escrevendo esse post, pois vejo ainda muita gente relutante em abrir a cabeça e conhecer mais pessoas e participar de eventos. Vou falar mais um pouco sobre esse processo de abrir a cabeça, que pra mim, foi até um pouco demorado, por que tive que deixar vários pré conceitos para trás, além claro, da preguiça.

O primeiro evento

Meu primeiro evento na área de Marketing Digital, não confundir com Marketing de Afiliados, foi o UAI SEO, organizado pelo agora meu sócio no SEM Dúvida Alberto André. Antes do UAI SEO eu era apenas um desenvolvedor, estava trabalhando para uma start up e nós tínhamos o problema que muitos já estão acostumados, você tem uma plataforma funcionando mas não tem ninguém usando. Durante pesquisas feitas na internet sobre como conseguir mais tráfego, acabei ouvindo falar do tal SEO, e além disso, estava pra acontecer um evento em Belo Horizonte sobre o tema. Junto com a equipe, conseguimos convencer nosso “chefe” a pagar a inscrição para o evento, mas ainda sem botar fé totalmente no seu conteúdo.

Foi durante este evento que tive meu primeiro contato com várias coisas, entre elas web analytics, que hoje é uma das coisas que eu mais gosto. Foi com uma palestra sobre Google Analytics que eu descobri que dava pra fazer muito mais do que apenas inserir o código no site e ficar olhando os gráficos sem nem entende-los direito. Além de itens técnicos, também foi lá que ouvi falar a primeira vez de alguns profissionais que sigo até hoje, e pude depois aprender muito com eles, mesmo que de forma indireta.

Não posso me esquecer, que foi por causa de uma palestra neste mesmo evento, UAI SEO, um ano ou mais depois, não me lembro ao certo, que comecei a enxergar uma possibilidade de viver da internet. Quando eu comecei, eu apenas queria aprender mais SEO, comecei testando coisas para mim mesmo, de forma a saber o que funcionava e o que não funcionava, mas após essa palestra vi que tinha uma forma de fazer os dois ao mesmo tempo. Foi quando percebi já estava faturando mais com meus sites do que na agência onde era sócio, o que foi um dos motivos que me fez abandona-la.

Depois destes eventos, já perdi a conta de quantas vezes fui em eventos/conferências, várias delas fora de BH, onde pude conhecer várias pessoas que antes só via pela internet. Graças a comunidades do falecido orkut, e agora grupos do facebook, fiz muitas amizades Brasil afora, por causa dessa vontade de compartilhar conhecimento e aprender mais sobre diversos temas, participar ativamente desses grupos também foi uma coisa que fez diferença, hoje, em meus negócios.

Afiliados Brasil 2015
Amigos no Afiliados Brasil 2015

Vencendo os pré conceitos sobre eventos

Alguns destes eventos que participei, tive que vencer grandes pré conceitos, como já disse mais acima, antes eu tinha ideia que era todo mundo 171, e aquilo não era pra mim. Eu estava muito enganado, mesmo ainda pensando que certas coisas não são para mim, eu consigo entender que talvez tenham pessoas que gostem do conteúdo motivacional puro, sem algo prático por trás. Talvez este pensamento meu, seja por causa não só da minha formação, mas também por causa da minha forma de pensar, sempre mais pragmático e cético. Fui até convidado para fazer parte de uma mesa redonda debate sobre o tema ser afiliado, em um evento, que antes, talvez eu não participaria por achar que não era pra mim, mas que fiz ótimos contatos dentro desse evento, além de ter aprendido coisas que consegui aplicar no dia seguinte que sai do evento, o que pra mim é primordial quando estou consumindo algum conteúdo.

eventos de afiliados
Painel com minha palestra e do Vinicius Viana no Afiliados Brasil 2015

Uma técnica que utilizo neste evento é ter um filtro, alguns dos meus pré conceitos, se tornaram fatos durante várias conversas, palestras, etc, o que eu faço é apenas filtrar esse conteúdo. O que serve pra mim eu absorvo, o que não serve, deixo para quem gosta. Acho que esta é uma dificuldade de muitos quando estamos falando principalmente nos eventos de Marketing de Afiliados (não confundir com o Marketing Digital de verdade, por favor) ou mesmo alguns eventos que são mais motivacionais do que de conteúdo técnico/aplicável. Um amigo diz, que pelo menos 10% de cada palestra você consegue tirar de conteúdo, eu discordo, algumas eu tiro é 0% mesmo, mas se você for com a mente aberta, talvez pelo menos esses 10% você consegue levar pra casa e fazer alguma diferença no seu dia a dia. Mas este filtro, serve pra tudo na nossa vida, tudo que fazemos ou consumimos devemos ter um filtro e questionar tudo que nos é falado, não levar nada como verdade absoluta, afinal, se não conseguimos questionar aquilo que nos é dito, viramos apenas massa de manobra para certas causas.

eu no palco do Fire 2015
No palco do Fire 2015 a convite da Hotmart

Hoje em dia, eventos como o Afiliados Brasil, não servem somente para fazer este networking novo e consumir conteúdo, hoje vou ao evento para rever os amigos, com quem a maioria das vezes, passo mais tempo conversando pela internet do que os amigos do mundo “offline”, pois além de haver a conexão do negócio em si, tem também uma grande afinidade pessoal.

visita ao hotmart
Visita ao Hotmart após o Fire 2015

Durante eventos como estes, já fechei novos negócios, aprendi coisas que me fizeram aumentar o faturamento, recebi propostas de emprego, e ainda consegui fazer ótimos amigos, você acha que precisamos de mais motivos ainda para ir em eventos? Ah, não podia deixar de falar, por causa disso tudo consegui momentos ótimos em minha vida, como na foto abaixo, onde fiz uma pescaria em alto mar em Punta Cana, RD.

pescaria em punta cana
Pescaria em Punta Cana – 2015

1 Comentários

  1. Estou sendo convencido por um amigo também! Quem sabe a minha vida também não muda!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados.