Habilitando dados demográficos e de interesse no GA

Uma das principais vantagens de começar a usar o Universal Analytics agora, para quem ainda está utilizando a tag do Google Analytics antiga, com o ga.js, é a possibilidade de habilitar em seus relatórios os dados Demográficos e por interesse no seu google analytics. Esses dados são muito importantes por diversos motivos, eu posso falar por exemplo, que para montar um midia kit para meus blogs monetizados, esses dados são essenciais para que meus anunciantes saibam exatamente para quem irão falar. dados demográficos dados por interesse Para habilitar esses dados em seu Google Analytics é muito simples, basta adicionar uma linha em seu código de rastreamento:

ga('create', 'UA-999999999-9', 'whatever.com');
ga('require', 'displayfeatures'); // habilita dados demográficos e por interesse
ga('send', 'pageview');

Além da alteração no código, você também deve ir até a configuração de propriedade e habilitar os relatórios.

ativar relatórios

Depois de pedir para ativar os relatórios na configuração da propriedade, os relatórios irão aparecer dentro da opção “Público Alvo”

relatórios público alvo

Hospedagens para sites que eu trabalho!

Hoje como desenvolvedor é complicado escolher uma hospedagem que me realmente agrade, eu pessoalmente não utilizo mais hospedagens compartilhadas, por preferir “brincar” com as configurações de meus servidores e e ter a liberdade de fazer o que eu quiser. 

VPS – Digital Ocean

O VPS (Virtual Private Server) que eu utilizo atualmente é do serviço da Digital Ocean, que, além de poder ter a liberdade da qual eu falei, eles possuem discos SSD o que dão um extra de performance, quando falamos de aplicações com alto I/O. A interface do painel de controle da Digital Ocean é muito fácil de usar, e você consegue subir/excluir máquinas de uma forma muito fácil e rápida, além de eles já terem algumas imagens com diferentes aplicações já prontas, é só clicar e instalar.

Como receber pagamentos com cartão de crédito sendo um frelancer!

Para quem trabalhar como freelancer, as vezes receber o pagamento de clientes pode ser uma verdadeira dor de cabeça. Hoje no mercado já é possível diminuir essa dor de cabeça através de leitores de cartão de créditos que podem ser integrados ao seu celular e/ou tablet, como o leitor do PagSeguro, o leitor da iZettle, e o leitor da SumUP.

Veja como funciona o iZettle

Otimizando seu site para alta performance – Palestra ConaSearch

Recentemente fui convidado para palestrar no ConaSearch, um congresso nacional de search marketing, e para fugir um pouco de temas já batidos nos eventos de search resolvi falar sobre o desempenho dos websites, um tema que gosto muito e que tem ganhado cada vez mais relevância no mundo digital.

Abaixo seguem os slides da minha palestra. Para quem tem interesse também nas outras palestras, ou gostaria de ver a minha completa, o acesso ouro do evento pode ser adquirido por este link.

Remarketing no Facebook Ads – Como Criar?

Você já se sentiu perseguido por anúncios na internet? Esse tipo de anúncio é conhecido como Remarketing, ou Retargeting. Um recurso muito interessante para quem anúncia no Facebook, é a nova possibilidade de criar listas de remarketing sem a utilização de plataformas do Facebook Exchange ou FBX, seu uso se dá através da utilização de Custom Audiences. Para mostrar a sua utilização irei utilizar o Facebook Power Editor , que é a ferramenta de gerenciamento de anúncios do Facebook.

Primeiro Passo

Para criar sua lista de remarketing, vá até o menu do PowerEditor e clique no item Custom Audiences.

Como Visualizar Linked Data com R

Minha dissertação de mestrado possui três pilares principais, são eles: Linked data, Software Engineering e Social Network Analysis. Para o o resultado, eu precisarei fazer análises em redes formadas por dados de engenharia de software que estão no formato linekd data (web semântica) e para isso, escolhi utilizar o Gephi, e também a linguagem R.

Nesse post vou mostrar como fazer uma query SPARQL em um endpoint e manipular esses dados (RDF) utilizando R. Para este tutorial, vamos visualizar a densidade populacional do Braisl utilizando a DBpedia como fonte (http://dbpedia.org/page/Brazil).

Para esse tutorial, você irá precisar baixar os arquivos shapefiles do mapa do Brasil, que podem ser encontrados aqui: http://gadm.org/, além dos pacotes do R: maptools, akima e SPARQL.

Esquema de uma landing page perfeita para testes!

Lendo um blog achei um link bem interessante, um esquema de como criar uma landing page perfeitamente “testável” e dicas de como fazer essa landing page, está em inglês mas da pra entender (eu acho).

++ Click Image to Enlarge ++
The Blueprint for a Perfectly Testable Landing Page
Source: The Blueprint for a Perfectly Testable Landing Page Infographic

Mais de um banco de Dados no Codeigniter

Para usar mais de um banco de dados no Codeigniter é muito fácil! No arquivo config.php você pode configurar vários grupos de banco de dados por exemplo:

$db['default']['dsn']      = '';
$db['default']['hostname'] = 'localhost';
$db['default']['username'] = '';
$db['default']['password'] = '';
$db['default']['database'] = '';
$db['default']['dbdriver'] = 'mysql';
$db['default']['dbprefix'] = '';
$db['default']['pconnect'] = FALSE;
$db['default']['db_debug'] = TRUE;
$db['default']['cache_on'] = FALSE;
$db['default']['cachedir'] = '';
$db['default']['char_set'] = 'utf8';
$db['default']['dbcollat'] = 'utf8_general_ci';
$db['default']['swap_pre'] = '';
$db['default']['autoinit'] = TRUE;
$db['default']['stricton'] = FALSE;
$db['default']['failover'] = array();

$db['banco_2']['dsn']      = '';
$db['banco_2']['hostname'] = 'localhost';
$db['banco_2']['username'] = '';
$db['banco_2']['password'] = '';
$db['banco_2']['database'] = '';
$db['banco_2']['dbdriver'] = 'mysql';
$db['banco_2']['dbprefix'] = '';
$db['banco_2']['pconnect'] = FALSE;
$db['banco_2']['db_debug'] = TRUE;
$db['banco_2']['cache_on'] = FALSE;
$db['banco_2']['cachedir'] = '';
$db['banco_2']['char_set'] = 'utf8';
$db['banco_2']['dbcollat'] = 'utf8_general_ci';
$db['banco_2']['swap_pre'] = '';
$db['banco_2']['autoinit'] = TRUE;
$db['banco_2']['stricton'] = FALSE;
$db['banco_2']['failover'] = array();

O primeiro banco já vai ser carregado normalmente, como você usaria se fosse somente um, para utilizar o segundo é só executar o seguinte código:

$DB1 = $this->load->database('banco_2', TRUE);

E ao invés de usar o código $this->db->query() por exemplo você usária: $DB1->query()

$this->db->query();
$this->db->result();
etc...

//Use dessa forma!

$DB1->query();
$DB1->result();
etc...

MySql: Como Ignorar Foreign Key Constraints em Bancos InnoDB

Algumas vezes precisamos fazer uns inserts em teste e somos atrapalhados pelas foreign keys, que nos impedem de inserir dados na tabela para fins de teste, ou mesmo para repovoar a tabela inteira, em uma ordem diferente das chaves.

Existe uma variável de sessão chamada FOREIGN_KEY_CHECKS que permite ignorar as constraints de chave estrangeira em tabelas InnoDB. Esta variável também permite dar DROP TABLES, e outros comandos que seriam travados por chave estrangeiras.

Veja como usar a variável:

SET FOREIGN_KEY_CHECKS = 0;

SELECT @@FOREIGN_KEY_CHECKS;

SET FOREIGN_KEY_CHECKS = 1;

Desafio da MestreSEO – Katipsoi Zunontee

Olá a todos, este ano resolvi participar do 4 desafio da MestreSEO, o desafio funciona da seguinte forma: O pessoal da MestreSEO divulga uma keyword inexistente, algum termo inventado mesmo, e cria um contexto para este termo, ano passado foi um aplicativo para ipad que previa o tempo. Este ano a keyword é a palavra Katipsoi Zunontee, que é um bravo guerreiro Maia, que será a salvação da terra perante o apocalipse.

Este é um desafio bem interessante pois além de poder praticar um pouco mais meu seo, além dos blogs de adsense, onde haverá uma competição bem suja, e legal de participar, não há regras em relação a black hat, gray hat, etc. O que vale é estar na frente na data final do concurso onde o Fábio Ricotta irá verificar quem está em primeiro, e está pessoa levará o premio. Até o presente momento o premio é 6 meses de assinatura da ferramente da MestreSEO, a qual eu já tive a oportunidade de usar e realmente está ficando bem bacana e melhorando cada vez mais.